Jantar de padrinhos e sua história...

Atualizado: 16 de Dez de 2018

Antes de mais nada é interessante sabermos de onde surgiu esta ideia de convidar amigos para testemunhar o casório.

Reza a lenda que tudo começou no Concílio de Trento entre 1545 e 1563, momento no qual o clero se reuniu para emitir inúmeros decretos dogmáticos sobre a fé e a disciplina da Igreja Católica e, entre outras coisas, criaram o sacramento do matrimonio.

Neste momento, o Concilio de Trento determinou que um casamento só se tornaria oficial se fosse celebrado por um pároco e contasse com a presença de 2 testemunhas.

Com o passar do tempo, o número de testemunhas no Brasil foi crescendo e ganhando novas tarefas. Hoje em dia, é bem comum que os padrinhos sejam responsáveis por organizar as despedidas e os chás para o casal, bem como estejam disponíveis “na alegria e na tristeza” dando todo o apoio físico e moral aos noivos.


Como escolher o padrinho ideal?

Escolher os padrinhos nem sempre é uma tarefa difícil para os noivos, afinal, geralmente, eles são pessoas próximas e queridas que fazem parte dessa história de amor.

Não há regras. Mas o ideal é que você escolha aquele amigo/a à dedo que acompanha sua trajetória (mesmo que de longe) e com quem você sabe que poderá contar nas horas mais difíceis, ou seja, aquele amigo de verdade. Algumas pessoas também escolhem casais que tem um relacionamento inspirador – sabe aquele casal que está sempre com o brilho nos olhos, que o relacionamento é de filme?

Para organizar o jantar de padrinhos, importante alguns passos:


Defina a finalidade

Você já convidou os padrinhos e quer agradecê-los por ter aceitado? Ou será um “jantar revelação” para convidá-los?


Pense no local

Em geral o jantar de padrinhos é feito na casa dos pais dos noivos ou dos próprios noivos (se já morarem juntos). O ideal é fazer algo mais intimista, com a cara dos noivos.


Decoração

A decoração é sempre importante em qualquer evento ligado ao casamento – e nesse caso não seria diferente. Uma decoração legal é colocar algumas fotos dos noivos com os padrinhos, relembrando os bons e divertidos momentos juntos. Outra ideia é fazer uma decoração que seja “a cara dos noivos” – se vocês curtem viagens por exemplo, seria legal pensar em itens que remetem à alguns lugares que vocês foram juntos.. ou talvez vocês adoram itens antigos – então cabe aquela decoração vintage, sabe? Mas nada impede que vocês montem aquela mesa super bonita e simples..